NuTrópica® Papinha Arara (Alta Energia) - Embalagens de 500g e 5kg

Indicação do Produto

NuTrópica® Papinha Arara Alta Energia é um alimento completo e balanceado, especialmente desenvolvido para filhotes de Araras, Ararajubas, Papagaios do Congo que necessitem de um maior aporte energético, a partir do primeiro dia de vida. Formulada a partir dos mais modernos conceitos em nutrição, NuTrópica® Papinha Arara proporciona ao seu filhote os níveis ideais de todos os nutrientes necessários para que ela cresça forte e saudável. Os alimentos NuTrópica® atendem a 100% dos requerimentos nutricionais diários de sua ave, por isso não recomendamos qualquer tipo de suplementação.

Níveis de garantia do produto

Umidade (máx.) 12,00% 120 g/kg
Proteína bruta (mín.) 20,00% 200 g/kg
Extrato Etéreo (mín.) 15,00% 150 g/kg
Matéria fibrosa (máx.) 8,00% 80 g/kg
Matéria mineral (máx.) 6,00% 60 g/kg
Cálcio (máx.) 1,20% 12g/kg
Cálcio (mín.) 0,70% 7.000mg/kg
Fósforo (mín.) 0,50% 5.000mg/kg
Mananoligossacarídeos (mín. 0,20% 2.000mg/kg
Sódio (mín.) 0,12% 1200mg/kg
Magnésio(mín) 0,11% 1100 mg/kg
Potássio (mín.) 0,30% 3.000 mg/kg
Bacillus subtilis (mín.) 6,4 x 108 UFC/kg
Bacillus licheniformis (mín.) 6,4 x 108 UFC/kg

Recomendações Gerais

01- Lave bem as mãos sempre que manipular o filhote e tenha certeza que os utensílios para alimentá-los (colher ou seringa) estão devidamente desinfetados e secos.

02- ATENÇÃO: Utilize sempre água de boa procedência, devidamente filtrada e tratada.

03- Acrescente água (temperatura de 49⁰C) à papinha Nutrópica. Misture bem por cerca de 2 minutos para ativar adequadamente as enzimas digestivas. ATENÇÂO: A papinha só deverá ser fornecida se a temperatura estiver entre 37⁰C e 40⁰C. Temperaturas acima de 45⁰C podem causar queimaduras no papo do filhote. Temperaturas baixas podem comprometer a digestibilidade, causando impactação do papo.

04- Prepare uma nova papinha a cada alimentação. As sobras deverão ser descartadas.

05- Recomendamos fornecer a papinha NuTrópica através de seringa, colher ou sonda alimentar. Utilizar utensílios de alimentação individual para cada ave ajuda a prevenir a propagação de doenças.

06- A frequência de alimentação do filhote depende da espécie, idade e estado de saúde da ave. Em termos gerais, um filhote recém-nascido deverá ser alimentado a cada duas ou três horas. Com o crescimento da ave, o intervalo entre as alimentações aumenta.

07- Um filhote saudável deve ganhar peso todos os dias.

08- Na fase de “desmame” uma leve redução no peso da ave pode ser observada.

Guia de Preparo